O Encontro Foi Liderada Pela Ministra da Justiça da Primeira Fase Com Os Funcionários Que Composto Por 6 Direções No Ministério Justiça

Versão para impressão

Dili, MJ- Atual Ministra da Justiça do VII Governo Constitucional Dra. Maria Ângela Guterres Viegas Carrascalão acompanhando com o seu Vicê Dr. Sebastião Dias Ximenes, Inspetor Geral Dr. Lucas da Costa e ao mesmo tempo Diretor DNAF Dr. Crisogno da Costa Neto a fazer um encontro com todos os seus funcionãrios que composto por 6 Direções inclusive alguns dos Diretores Nacionais e os Chefes de Departamentos num local do edifício do Ministério da Justiça na rua de Cai-coli, Díli, 27 de Outubro de 2017.

O Diretor DNAF Dr. Crisogno da Costa Neto que foi moderador naquela sessão e declarou acerca da totalidade dos funcionários do Ministério da Justiça que atinge 1.010 funcionários até a data.

E todos esses funcionários compostam por o regime geral (436), regime especial (435), contratado (139) e também o cargo na direção chefia (103). Aliás, os funcionários que ocupam no novo edifício do Ministério da Justiça há 181 funcionários, ou seja, composto por funcionários permanentes (137) e os causais(temporários) de 39 funcionários.

Naquela altura tinha declarado pelo Dr. DNAF que cada Direção já tinha plano, sobretudo em relacionamento com formação dos funcionários que necessitam, colocação do orçamento, pontualidade, recrutamento e o equipamento da segurança.

Depois de breves palavras do Dr. Crisogno da Costa Neto, DNAF, assim, passou o tempo à S.Excia Ministra da Justiça, Maria Ângela Guterres Viegas Carrascalão. Conforme diz a S.Excia Ministra que para haver o desenvolvimento no nosso Estado é indispensável de trabalhar juntos e com todos os nossos esforços, principalmente no setor da justiça.

Mas, para que tudo corra bem é imprescindível de trabalhar com a confiança, discíplina, rigor, ordem e tudo isso resulta o serviço de transparência, ou seja, serviço com empnhamento.

É óbvio que devemos obdecer os princípios da legalidade, equidade e os outros princípios que já estão previsto na nossa Constituição da RDTL para podermos ver que a justiça ainda está funcionada bem no nosso Estado de acordo com a constituição e as leis vigentes porque o nosso Estado é o Estado de Direito Democrático.

Contudo, devemos trabalhar juntos ao funcionamento da justiça. Assim, descreveu uma palavra que muito importante para estimular e encorajá-los como ‘’ Duas cabeças pensam bem do que uma”, segundo diz a Ministra da Justiça.

Os funcionários devem ver e entender acerca das suas obrigações que já está tudo previsto no Estatuto da Função Pública.

Perante a pontualidade deve haver a mudança da mentalidade, ou seja, os funcionários devem ter a maneira de pensar de forma adequada e claro que por força do Estatuto da Função Pública para que eles possam compreender acerca dos seus deveres como funcionário público.

O Ministério da Justiça é um dos Ministérios que muito importante no Estado de Direito ainda mais há sua relação com o setor da justiça, princípio da equidade.

A ministra revelou incessantemente acerca dos serviços de transparência, aliás, inicia-se por ministra até aos funcionários do Ministério da Justiça. E por fim deste encontro a todos focarem aos desafios e obstáculos que o ministério enfrenta e até entrar na sessão de perguntas em que os funcionários expressaram os seus problemas, suas sugestões, ideias e dúvidas durante o tempo que eles exerceram os cargos desse ministério. O encontro começou por volta das 10h:00 e terminou das 12h:18.

Honório Santos
Gabinete Ministra Justisa
Media Officer